Salinas da Margarida: velhos tempos, belos dias

Nos idos dos anos 50 minha mãe comprou uma casa em Salinas das Margaridas, no bairro do Araçá, ao lado da casa de D. Morenita, filha do escrivão Senhor Filhinho. Na época, era comum verem-se pessoas mariscando sarnambi (pequeno molusco, que se tornou popularmente conhecido na Bahia como “lambreta”) na beira da praia. Era muito divertido. Moradores e veranistas atolados na lama, de bumbum pra cima, catando o molusco para o almoço, ou comer como tira-gosto. Continue reading